Técnico de Isaquias Queiroz morre vítima de tumor no cérebro


O treinador da seleção brasileira de canoagem, Jesús Morlán, 52 anos, morreu na manhã de domingo (11), em Belo Horizonte (MG), em consequência de um tumor no cérebro. A informação foi confirmada pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB).
O espanhol foi contratado pelo COB para trabalhar no Brasil 2013 e, sob seu comando, a modalidade alcançou resultados históricos, como as três medalhas nos Jogos Olímpicos Rio 2016, com Isaquias Queiroz e Erlon de Souza, além de 10 em Mundiais. 
Morlán foi diagnosticado com câncer cerebral em novembro de 2016, conforme informações do Estadão.  Por: Redação BNews

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.