TSE e PF investigam suposta invasão hacker a sistemas do tribunal


A Polícia Federal investigará uma suposta invasão de hackers a sistemas internos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A apuração foi solicitada pela presidente da Casa, Rosa Weber, após a magistrada receber um e-mail do site TecMundo, especializado em notícias de tecnologia, com mensagens de hackers contando como conseguiram entrar nos sistemas internos da Corte.
O TSE também decidiu abrir uma sindicância interna para investigar se há envolvimento de funcionários ou colaboradores internos na invasão. O TecMundo informou que os invasores garantiram ter conseguido acessar a intranet do TSE e colher informações privilegiadas e confidenciais, a exemplo de troca de e-mails, documentos sigilosos, envio de senhas para juízes e credenciais de acesso, além de dados sobre candidatos e eleitores que estavam em um aplicativo.
Um dos invasores apontou que teve acesso aos sistemas internos por meio de vulnerabilidades em aplicações desenvolvidas pelo próprio TSE. Ele avisou ter utilizado a rede interna por meses, entrando em diferentes máquinas da Corte, e ainda conseguiu o login de um dos ministros e do secretário de tecnologia do Tribunal.  Agência Brasil

Escrito por Folha de Noticias SAJ

Seu Portal informativo, aqui você bem informado.