700 MIL PESSOAS SÃO ESPERADAS HOJE NO FESTIVAL DA VIRADA EM SALVADOR

    Foto: Reprodução
    O Festival Virada Salvador tem surpreendido até mesmo a Prefeitura pela quantidade de público que já passou pela Arena Daniela Mercury, na orla da Boca do Rio. Nas três primeiras noites do evento, cerca de 1,5 milhão de homens e mulheres já marcaram presença, de acordo com os cálculos da Empresa Salvador Turismo (Saltur): 250 mil na sexta (28), 300 mil no sábado (29) e 600 mil neste domingo (30). Para a noite da virada, são aguardadas mais de 700 mil pessoas, número do ano passado.
    Os ônibus, táxis e mototáxis transportaram 189,4 mil passageiros ao festival, entre a noite deste domingo (30) e a madrugada de hoje (31), contra 170 mil do mesmo período no evento do ano passado. Até agora, não houve registro de problemas pelo transporte público.
    A Transalvador não registrou acidentes no trânsito no entorno do festival. A operação do órgão removeu 30 veículos e notificou 61 condutores entre a noite de ontem e a madrugada de hoje.
    Agressão – O incidente mais grave já registrado pela Prefeitura no festival ocorreu na noite de ontem, quando um cidadão, preso em flagrante pela Guarda Civil Municipal (GCM), agrediu cinco pessoas com um facão durante o show da banda La Fúria. Uma pessoa foi liberada após ser atendida no próprio módulo de saúde do evento e outras quatro foram encaminhadas para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas em situação clínica estável.
    No total, o módulo de saúde registrou 189 atendimentos. As principais causas de admissões continuaram sendo de natureza clínica (150), como náuseas, cefaleia e intoxicação alcoólica. O módulo, que conta com uma estrutura instalada de 20 leitos, além de uma equipe assistencial composta por mais de 100 profissionais e duas ambulâncias do Samu de retaguarda para a remoção imediata dos casos com maior complexidade, registrou 397 atendimentos durante as três noites do evento.
    A Guarda Civil Municipal (GCM) contabilizou, através do Núcleo de Estatística, 133 atendimentos e 17 ocorrências na terceira noite do festival. “Nos três primeiros dias de evento, já registramos 436 atendimentos. Nossos agentes estão prestando apoio a vários órgãos públicos que colaboram diretamente com o evento”, detalhou o inspetor-geral da GCM, Alysson Carvalho.(Bahia Econômica)

    Escrito por Folha de Noticias SAJ

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.