Bolsonaro diz que Brasil não sediará conferência climática em razão do custo


    O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) disse neste sábado (03) que o Brasil não sediará a conferêcia climática da ONU em 2019 porque o evento custaria R$ 500 milhões ao país. 
    O Brasil havia inicialmente se apresentado para organizar a COP 25, na qual líderes mundiais irão debater sobre a questão climática. Porém, Bolsonaro pressionou o governo Michel Temer a desistir de sediar o evento internacional. A informação é do G1.

    Escrito por Folha de Noticias SAJ

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.