PF faz operação contra organização criminosa em Alagoas, Bahia e Paraíba


    A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (5) uma operação em Alagoas, Paraíba e Bahia contra uma organização criminosa que atua nos três estados. Ao todo estão sendo cumpridos 22 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça alagoana.
    Os trabalhos buscam colher provas relacionadas a duas construtoras que deixaram obras inacabadas em algumas cidades alagoanas e baianas. Elas são referentes a quadras e reformas de escolas. Até o momento, os agentes acreditam que o prejuízo estimado aos cofres públicos é de R$ 1,6 milhão.
    No entanto, esse número pode aumentar. Isto porque, de acordo com a PF, foram descobertos contratos celebrados pelas empresas com entes públicos que ultrapassam R$ 13 milhões.
    A Operação foi denominada "Playgroud Nordestino", em alusão a uma área livre para recreação.
    Segundo as investigações, o grupo criminoso atua nos municípios da Barra de São Miguel (AL), Pariconha (AL), Dois Riachos (AL), Paulo Afonso (BA), Glória (BA), Chorrochó (BA) e Brejo do Cruz (PB).
    A Polícia Federal acredita que o grupo tenha cometido crimes licitatórios, de peculato, lavagem de dinheiro, sonegação fiscal, de responsabilidade, e de associação criminosa. Penas máximas somadas ultrapassam 40 anos de prisão.



    (G1 AL)

    Escrito por Folha de Noticias SAJ

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment