Rui contra-ataca e diz que ACM Neto “travou a economia” de Salvador com aumento de impostos


    O governador Rui Costa (PT) reagiu às críticas vindas do Palácio Thomé de Souza sobre o arrocho nas contas do estado e o rombo de R$ 4 bilhões na Previdência dos servidores baianos. 
    Em entrevista ao programa Se Liga Bocão, na Itapoan FM, nesta terça-feira (18), o petista contra-atacou e disse que o aumento de impostos na gestão do prefeito ACM Neto “travou a economia” de Salvador.
    “O município aumentou tanto o IPTU que travou a economia. Ficou caro construir em Salvador, você não vê uma grua trabalhando em um prédio. A gente não vê um guindaste trabalhando em um edifício de Salvador. O comércio da Barra destruído, o comércio do Rio Vermelho se acabou”.
    Rui também confirmou que o aumento de impostos não está no radar do governo para ajudar a conter o déficit da previdência.
    Na manhã desta terça, Rui afirmou que o pacote de medidas econômicas aprovadas, sob forte protesto, na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) não foram suficientes para apaziguar o sufoco nas contas públicas.  BNews
     

    Escrito por Folha de Noticias SAJ

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment