Coronel sobre fala de Bolsonaro: "O nordestino merece ser tratado com respeito"


    O senador Angelo Coronel (PSD) acredita que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) não irá boicotar os governadores do Nordeste, mesmo com o apoio majoritário dos gestores ao candidato do PT, Fernando Haddad. Na semana passada, em entrevista ao SBT, o novo líder do Palácio do Planalto declarou que o "presidente deles está em Curitiba" - em clara referência ao ex-presidente Lula.
     
    "Muitas vezes as pessoas falam no calor da emoção... Então, não acredito que o presidente da República irá maltratar o Nordeste, porque o Nordeste é Brasil. E é o Nordeste que impulsiona a máquina do Sul e do Sudeste do Brasil. Se o nordestino decidir fazer uma greve em nível nacional, para o país. Então, o nordestino merece ser tratado com respeito. Tenho certeza que o governo Bolsonaro vai tratar o nordestino respeito. Estaremos no Senado brigando por isso", disse em entrevista ao BNews. O parlamentar também reforçou a fala durante o evento de aclamação de Eures Ribeiro (PSD) na presidência da União dos Municípios da Bahia (UPB).
     
    Questionado se o presidente "ainda não desceu do palanque", Coronel minimiza. "Está muito cedo. Acredito que ele ainda está no calor pós-eleição, mas acho que as coisas vão se acalmar. Torço que o Brasil entre nos trilhos, porque não torço que o Brasil não se mantenha como estava antes. Espero que a equipe econômica acerte e que o Brasil possa atrair investimentos para gerar emprego e renda para o nosso país".
     
    Vale lembrar que Coronel está em plena campanha pelo país para a presidência do Senado.  Ainda em seu discurso na UPB, ele disse que vai "fazer história lá, assim como fez na Assembleia Legislativa da Bahia".   BNews

    Escrito por Folha de Noticias SAJ

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.