Projeto Cacau Sustentável incentiva vocação local e leva renda a comunidades no sul baiano


    Uma iniciativa da empresa Suzano promove o Projeto Cacau Sustentável na região do Picadão, no extremo sul da Bahia, que já tem demonstrado bons resultados. 
    Só em outubro, quando foi iniciado, foi registrada a produção de quase meia tonelada de cacau, gerando renda para as dezenas de famílias participantes. O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - SENAR, por meio do PRÓ-SENAR, irá oferecer capacitação aos envolvidos pelo período de 18 meses, com início previsto para fevereiro de 2019. 
    Além de ser uma vocação local, o projeto já tem gerado renda complementar aos envolvidos no manejo. Após a produção dos frutos, as amêndoas serão comercializadas e destinadas à Cargill Cacau e Chocolate, parceira do projeto. 
    O Cacau Sustentável é resultado do envolvimento dos moradores da comunidade de Nova Brasília no Conselho Comunitário e uma parceria entre a Suzano, o SENAR e a Cargill Cacau e Chocolate.  (BNews)

    Escrito por Folha de Noticias SAJ

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.