Taperoá: professora travesti assassinada foi vítima de crime passional


    O assassinato da professora municipal travesti Sabrina Santos, de Taperoá, no baixo-sul da Bahia, é investigado como crime passional pela Polícia Civil. O fato ocorreu na segunda-feira (31), dentro da casa da vítima.
    Segundo delegada Ana Maria Mendes, responsável pelo caso, a polícia já identificou o suspeito, que tinha relação próxima com a vítima. A identidade dele não será divulgada para não atrapalhar as investigações.
    O corpo de Sabrina foi encontrado enrolado em um lençol, por uma vizinha que tinha acesso à casa. O sepultamento ocorreu na terça-feira (1º), em Taperoá. As informações são do site G1. (BNews)

    Escrito por Folha de Noticias SAJ

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.