Após polêmica em festa de diretora, Vogue Brasil cria fórum para debater "desigualdades históricas do país"


    A revista Vogue Brasil se manifestou a respeito da polêmica envolvendo sua diretora, Donata Meirelles, que foi acusada de racismo após temática que foi associada à escravidão no Brasil colonial.
    Em nota, que foi compartilhada pela própria Donata, a revista lamentou o ocorrido. "Nós acreditamos em ações afirmativas e propositivas e também que a empatia é a melhor alternativa para a construção de uma sociedade mais justa, em que as desigualdades históricas do país sejam debatidas e enfrentadas. Em busca da evolução constante que sempre nos pautou, aproveitamos a reflexão gerada para ampliar as vozes dentro da equipe e criar, em caráter permanente, um fórum formado por ativistas e estudiosos que ajudarão a definir conteúdos e imagens que combatam essas desigualdades", diz a nota da publicação.
    Donata, por sua vez, adotou um tom de reflexão sobre a polêmica. "Aos 50 anos, a hora é de ação. Ouvi muito, preciso ouvir ainda mais. Quero agir em conjunto com as mulheres que têm a me ensinar e com quem mais estiver disposto a ser elo em uma transformação que se faz necessária. Meu compromisso é me colocar em (re)construção", disse.
    Confira a publicação da revista compartilhada pela diretora:


    (BNews)

    Escrito por Folha de Noticias SAJ

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment