Ex-tesoureiro de Rollemberg sinaliza que pode fazer delação premiada, diz site


    Ricardo Leal e Felipe Calil, presos na Papuda em Brasília, sinalizaram ao MPF que podem fazer delação premiada. De acordo com o blog Radar, da revista Veja, as colaborações atingiriam o governo do Distrito Federal e do Rio de Janeiro.
    Ricardo Leal foi tesoureiro do ex-governador Rodrigo Rollemberg (PSB). Já Felipe Calil promete entregar ao MPF dezenas de políticos que usavam sua gráfica para campanhas e pagavam com caixa dois oriundo de propinas.
    Leal é apontado pela Lava-Jato como líder de um esquema de gestão fraudulenta, lavagem de dinheiro, corrupção, tráfico de influência e pagamento de propina que utilizava o Banco de Brasília (BRB). (Agência Brasil)

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment