Questionado sobre ausência de Zé Rafael, Felipão se irrita: "Não é o torcedor que escala"


    Palmeiras e Ferroviária se enfrentaram neste domingo (17), pelo Campeonato Paulista, em Araraquara, e ficaram no empate por 0 a 0. O meia Zé Rafael, que atuou em apenas uma partida pelo Verdão, ficou novamente no banco de reservas. Em entrevista coletiva, quando questionado sobre a opção de manter Zé Rafael fora da partida, o técnico Felipão se irritou.
    "Quando eu analisar, vou colocar. Não é o torcedor que coloca (para jogar) o jogador, não são vocês da imprensa. Eu que vou analisar o momento certo, e se ele está em condições, ou não. Essa é a minha função por enquanto", respondeu o treinador, antes de se levantar e finalizar a entrevista coletiva, que durou menos de 10 minutos.
    Zé Rafael chegou a ser especulado no time titular do Palmeiras no meio da semana. Felipão, no entanto, escalou a equipe com Lucas Lima no meio de campo, e Carlos Eduardo, Dudu e Borja como trio ofensivo. Nas redes sociais, torcedores palmeirenses pediram a entrada de Zé Rafael.
    No intervalo, após Carlos Eduardo não ter grande performance e desperdiçar o melhor lance ofensivo do Palmeiras na partida, Felipão optou por sua saída e pela entrada de Felipe Pires. O atacante, porém atuou por apenas nove minutos, e deixou a partida após sentir uma lesão. Felipão, então, promoveu a estreia de Ricardo Goulart, que afirmou, ao fim da partida, ainda não estar 100% fisicamente.
    Com o 0 a 0 no placar, o treinador alviverde ainda substituiu o volante Bruno Henrique e colocou o meia Moisés em campo.
    Contratado do Bahia no início deste ano, Zé Rafael atuou em apenas uma partida com a camisa do Palmeiras. O meia jogou 62 minutos na vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo-SP, pelo Paulistão.  (Galáticos Online)

    Escrito por Folha de Noticias SAJ

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment