Acusado de corrupção, ex-presidente do Peru tenta se matar antes de ser preso


    a pós a Justiça do Peru determinar a prisão de dez dias do ex-presidente Alan García, ele tentou se matar com um tiro quando os policiais chegaram em sua casa, na manhã desta quarta (17), para prendê-lo por um caso de corrupção ligado à empreiteira brasileira Odebrecht. Ele foi encaminhado para o hospital Casimiro Ulloa com um ferimento na cabeça. A informação é da agência Reuters.
    García é acusado de receber dinheiro ilegal da Odebrecht em uma campanha eleitoral em 2006, de acordo com o site do jornal peruano "El Comércio". Ele é acusado de ter retribuído com aportes extraordinários na construção de uma rodovia, a Interoceânica, entre os anos de 2008 e 2010. 
    Outro ex-presidente, Pedro Pablo Kuczynski, conhecido como PPK, foi preso no dia 10 de abril, também em decorrência de uma relação com a Odebrecht e pelo mesmo prazo, dez dias.  /Por: Congresso de la República

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment