Justiça homologa plano de recuperação judicial da Livraria Cultura


    O plano de recuperação judicial aprovado pelos credores da Livraria Cultura foi homologado pelo juiz Marcelo Barbosa Sacramone, da 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo, nesta terça-feira (16). "Os pagamentos deverão ser efetuados diretamente aos credores, que deverão informar seus dados bancários diretamente às recuperandas, ficando vedado, desde já, quaisquer depósitos nos autos", destacou o juiz na decisão.
    A Livraria Cultura pediu recuperação judicial em 25 de outubro do ano passado para reestruturar uma dívida de mais de R$ 285 milhões - a maior parte com fornecedores e bancos. O plano aprovado pela assembleia de credores na última sexta-feira (12) prevê desconto de até 70% na dívida, com prazo de até 12 anos para pagamento e carência de até 2 anos.
    Os credores foram divididos em grupos de acordo com o valor a receber. Para os maiores credores, o desconto no valor da dívida será menor. A Livraria Cultura mantém atualmente 15 lojas físicas abertas. /BNews

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment