Em jogo marcado pelo VAR, Cruzeiro vence o Corinthians e conquista a Copa do Brasil pela 6ª vez


    Em partida marcada por grande interferência do árbitro de vídeo, o Cruzeiro venceu a equipe do Corinthians pelo placar de 2 a 1, na noite desta quarta-feira (17), na Arena Corinthians, em São Paulo, e conquistou o título da Copa do Brasil de 2018. Essa é a sexta conquista do time mineiro na competição, que agora, deixa o Grêmio para trás e se torna o maior detentor de troféus da Copa do Brasil.
    O JOGO
    O primeiro tempo foi marcado por um Cruzeiro muito bem postado defensivamente, como de costume, e visando explorar os espaços deixados pelo adversário. Já o Corinthians, mesmo com as mudanças de Jair Ventura, que visavam deixar o time mais ofensivo, pouco conseguiu criar, e insistiu em bolas cruzadas na área, contudo, do outro lado, Dedé estava soberano.
    O gol do time mineiro foi marcado aos 27 minutos. Barcos recebeu a bola na entrada da área, após vacilo de Léo Santos, limpa o lance e chuta na trave, no rebote, Robinho finaliza sem chances para o goleiro Cássio.
    2º TEMPO
    Com só a vitória interessando, o Corinthians voltou com tudo para a segunda etapa e iniciou com grande pressão. Até que aos 5 minutos, Ralf disputou a bola com Thiago Neves e caiu dentro da área. Após consultar o recurso do vídeo, o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Jadson bateu e empatou o placar.
    Aos 23 minutos, o garoto Pedrinho que entrou na segunda etapa, recebeu a bola na entrada da área, virou batendo e fez um belo gol encobrindo o goleiro Fábio. Contudo, o árbitro anulou o tento ao ver falta de Jadson em Dedé através do VAR.
    Após o gol anulado, o Corinthians seguiu pressionando a Raposa, em busca do gol da virada. O técnico Jair Ventura deixou seu time mais ofensivo, sacando o volante Gabriel e colocando o meia Matheus Vital, enquanto Mano fechou mais seu time, colocando o volante Lucas Silva na vaga do meia Tiago Neves.
    Até que que os mineiros chegaram ao gol do título. Após um lance no ataque corintiano, o Cruzeiro conectou um rápido contra-ataque, Raniel recebeu a bola no círculo central e serviu De Arrascaeta. O uruguaio, que havia jogado no Japão no dia anterior por sua seleção, arrancou, e cara a cara com o goleiro Cássio, deu um leve toque por cobertura para marcar um golaço.
    Após sofrer o segundo gol, o Corinthians que já estava totalmente ofensivo, abdicou de toda e qualquer organização e foi para a base do abafa. Já o time visitante, muito experiente, manteve-se totalmente fechado atrás e aguardo o tempo passar para comemorar o segundo título da Copa do Brasil consecutivo.
    FICHA TÉCNICA
    Corinthians 1 x 2 Cruzeiro – Final da Copa do Brasil de 2018 (Jogo de volta)
    Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
    Data: 17 de outubro de 2018, quarta-feira
    Horário: 21h45 (Brasília)
    Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
    Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Bruno Boschilia (ambos do RJ)
    Cartões amarelos: Fagner, Ralf, Gabriel, Jadson, Clayson e Emerson Sheik (Corinthians) / Tiago Neves, Rafinha e Rafinha (Cruzeiro)
    Gols: Jadson (Corinthians) / Robinho e De Arrascaeta (Cruzeiro)

    Escalação do Corinthians:
    Cássio; Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Gabriel (Matheus Vital) e Jadson; Emerson Sheik (Clayson), Jhonatas (Pedrinho) e Romero.
    Técnico: Jair Ventura

    Escalação do Cruzeiro:
    Fábio; Edilson, Dedé, Léo e Lucas Romero; Henrique e Ariel Cabral; Thiago Neves (Lucas Silva), Rafinha (De Arrascaeta) e Robinho; Barcos (Raniel).
    Técnico: Mano Menezes    Por: Redação Galáticos Online

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment