MP pede pena de morte para suspeitos de assassinar Khashoggi


    O Tribunal de Sanções de Riad, da Arábia Saudita, iniciou nesta quinta-feira (3) o julgamento de 11 suspeitos de envolvimento no assassinato do jornalista saudita Jamal Khashoggi, há três meses na Turquia. A Procuradoria recomendou a pena de morte para cinco dos acusados. Khashoggi era colaborador do jornal norte-americano Washington Post e crítico do governo saudita.
    A suspeita é que Khashoggi foi morto no Consulado da Arábia Saudita, em Istambul, na Turquia. O Ministério Público recomendou a pena de morte, que é a condenação máxima no país.
    Durante a audiência inicial do caso, os réus solicitaram uma cópia da acusação e tempo adicional para responder. O pedido dos réus foi aceito.
    O Ministério Público da Arábia Saudita solicitou informações ao Ministério Público da Turquia. De acordo com a agência estatal saudita de notícias, SPA, as informações não foram enviadas até o momento.
    *Com informações da SPA, agência estatal de notícias da Arábia Saudita.
    (Agência Brasil)

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment