Padre envolvido em polêmicas é contratado para festa do padroeiro de Lauro de Freitas


    Polêmico, Padre Alessandro Campos, conhecido como Padre Sertanejo, foi contratado pela prefeitura de Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador, para uma apresentação na Festa do Padroeiro Santo Amaro de Ipitanga, no próximo dia 15. 
    Em dezembro do ano passado, o Padre Sertanejo se envolveu em polêmicas, de acordo com publicação feita pelo colunista do Uol, Ricardo Feltrin. “Desrespeito com velhinhas, ofensas e maus tratos a funcionários de TVs, queixas comerciais de telespectadores, acusações de ostentação e exibicionismo em redes sociais; e até uma denúncia por mostrar "o que não devia" num programa de TV”, foram as reclamações feitas sobre o padre, segundo a reportagem.
    Após a publicação, o padre Alessandro Campos usou seu programa, na Rede Vida, para ironizar a reportagem. Logo na abertura de "Viva a Vida", ele bradou para a plateia, composta majoritariamente por senhoras de idade. "Eu não posso mais falar que vocês são velhas. Embora vocês tenham 80 anos, eu tenho que falar que vocês são novinhas". Na sequência, desejou boa noite com um xingamento, mesmo estando em uma rede de TV católica. "Boa noite minhas novinhas! Vão à merda todas vocês". Ao Uol, ele também negou todas as acusações.
    Padre Alessandro Campos foi contratado recentemente pela RedeTV!, onde estreará uma nova atração em fevereiro. Sua intenção é continuar também na Rede Vida.
    O show em Lauro de Freitas deve durar 1h30 e acontecerá no Centro da cidade. O valor da contratação é de R$109.000. Normalmente, a média do cachê cobrado pelo padre é de R$ 135 mil. (BNews)

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment