Após ser demitido do Vitória, Laelson Lopes diz ter sido "pego de surpresa"


    O coordenador técnico da divisão de base do Vitória, Laelson Lopes, foi desligado do clube após quase dois anos e meio de Barradão. Ele chegou em janeiro de 2017, quando o diretor da base do Leão era Nelsinho Góes e chegou a acumular cargos quando João Burse assumiu o time Sub-23, pois Laelson teve que comandar a equipe Sub-20.
    Em contato com o Galáticos Online, Laelson Lopes revelou que foi pego de surpresa pelo trabalho que ele vinha fazendo e detalhou os mesmo.
    "Fui pego de surpresa pelo trabalho que vinha realizando. Eu cheguei em janeiro de 2017 no Vitória, sendo contratado para assumir o time sub-20 e já no primeiro momento tinha o desafio de ser campeão baiano e alcançamos esse objetivo. Posteriormente ficamos entre os 8 melhores da Copa do Brasil e depois no Brasileiro tivemos uma boa participação. Com a chegada de Carlão em agosto daquele ano, eu virei coordenador técnico e João Burse assumiu o time sub-20", explicou o treinador e coordenador.
    Laelson Lopes relembrou alguns atletas que passaram por ele antes de subirem para o time profissional e aproveitou para dar um recado à torcida do Vitória.
    "Ano passado ajudamos no processo de revelação de vários atletas e no sub-20 subiram vários atletas: Lucas Arcanjo (goleiro), Caíque Souza (atacante), Wellisson (lateral) e o Matheus Tenório (meia), que foram atletas que ficaram comigo durante o Brasileiro sub-20 e ao final do ano foram revelados e participando atualmente da equipe profissional. Além disso, contribuímos em vários aspectos técnicos juntamente com o Carlão. Então tenho a agradecer ao clube pelo trabalho que tive e dizer a torcida que dentro do que me foi encomendado no momento da contratação eu tentei dar o meu melhor e dar resposta no quesito de revelação e de gestão. Mas a vida segue. Tenho bons contatos a nível de mercado e tenho certeza que logo estarei em outra equipe dando continuidade a minha carreira no futebol", afirmou.
    Laelson também agradeceu aos profissionais que trabalharam com ele nesses quase dois anos e meio de clube.
    "Quero fazer alguns agradecimentos especiais: Nelsinho Góes, que quando cheguei em 2017 estava como gestor da base e foi uma pessoa que me aproximei e aprendi muito. Depois com a chegada de Carlão foi um outro momento engrandecedor e satisfatório, porque é uma pessoa de extrema competência e tem todas condições de assumir cargos maiores em divisões de base. Agradeço também a todos os treinadores do Vitória, pois estivemos lado a lado, também os preparadores físicos, pessoal da psicologia, da alimentação, nutrição, parte administrativa e agradeço a todos pela colaboração nesses quase dois anos e meio".Por: Redação Galáticos Online

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment