PM acusado de atrapalhar investigação da morte de Marielle Franco é preso no Rio

    Uma operação realizada na manhã desta sexta-feira (31), pela Polícia Civil e pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, prendeu oito pessoas suspeitas de integrar a milícia chefiada por Orlando Oliveira de Araújo, o "Orlando de Curicica". Quatro dos detidos são polícias militares, entre eles, Rodrigo Jorge Ferreira, o 'Ferreirinha', conforme o G1.
    De acordo com a Polícia Federal, Ferreirinha é responsável por atrapalhar a investigação da morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.
    Segundo a denúncia apresentada à Justiça pelo MP, o PM "também exerceu a função ligada à gestão financeira da malta, como recolhedor dos valores cobrados a títulos das faixas cobradas nos locais de domínio".
    De acordo com o Gaeco (Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado), Ferreirinha foi segurança e motorista de Curicica. /G1

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment