Policial militar atrapalhou investigação da morte de Marielle, aponta relatório


    Um policial militar teria sido responsável por atrapalhar os trabalhos da polícia durante investigação da morte da vereadora Mairelle Franco e do motorista Anderson Gomes. As informações foram publicadas pelo G1 nesta quinta-feira (23).
    Segundo a reportagem, a Polícia Federal afirma que o policial militar Rodrigo Jorge Ferreira, o Ferreirinha, criou uma história com a finalidade de confundir as autoridades – e aproveitou a trama para se vingar.
    Ferreirinha é ex-aliado de Orlando Oliveira de Araújo, o Orlando Curicica, a quem acusou de tramar o atentado, ao lado do vereador Marcello Siciliano. Ambos sempre negaram envolvimento./BNews

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment