Vereador acusado de chefiar organização criminosa se entrega à polícia


    O vereador e ex-presidente da Câmara de Ilhéus Lukas Pinheiro Paiva (PSB) se entregou à polícia local na manhã desta sexta-feira (17). Ele é acusado de chefiar uma das maiores organizações criminosasque já atuou na Casa Legislativa.
    Segundo o Ministério Público do estado (MP-BA), foi realizada uma audiência de custódia nesta sexta que manteve a decisão de prisão do acusado. Agora, ele será encaminhado ao presídio local de Ilhéus. 
    De acordo com a assessoria do MP-BA, o próximo passo é dar continuidade à investigação, com o oferecimento da denúncia contra o vereador.
    Entenda o caso
    Na gestão do vereador na Câmara, entre 2017 e 2018, o MP-BA identificou crimes de fraude a licitações e contratos, falsidade ideológica, peculato, corrupções ativa e passiva, concussão e lavagem de dinheiro. 
    As investigações do Ministério Público apontam que os esquemas criminosos praticados pelos presidentes anteriores da Casa, Josevaldo Machado (PCdoB) e Tarcísio Paixão (PP), “foram agressivamente fomentados e fortalecidos” na gestão de Lukas. (BNews)

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment