Após mais de dois meses, professores de Uneb e Uesc decidem encerrar greve

    Divulgação/ Aduneb
    Os s professores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) e da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) decidiram em assembleia nesta quarta-feira (12) encerrar a greve da categoria. No caso da Uneb, foram 197 votos favoráveis ao fim do movimento, 73 pela continuidade e 11 abstenções. Já em relação à Uesc, ainda não há mais detalhes sobre o que aconteceu na reunião.
    O encerramento da greve ocorre dois dias após o governo do Estado anunciar que assinou termo de compromisso com os professores da universidades estaduais como forma de terminar o movimento paredista. 
    Ao firmar o termo, o Estado se comprometeu a enviar, após o fim da greve, projeto de Lei para a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) com proposta de reestruturação do quadro de vagas da carreira de professor, o que permitirá até 900 promoções. Outro acordo foi sobre a garantia de R$ 36 milhões para que as quatro universidades apliquem em investimentos.
    A greve na Uneb começou no dia 4 de abril. Em seguida, professores da Uesc, Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) e da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) aderiram ao movimento. (BNews)

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment