Lúcio sinaliza que MDB não tem obrigação de apoiar candidato de Neto em 2020


    O ex-deputado federal Lúcio Vieira Lima afirmou que o MDB não tem necessariamente a obrigação de apoiar um candidato apoiado por ACM Neto na eleição de 2020. Conforme o BNews já havia informado, o ex-parlamentar defende internamente que o acordo entre MDB e DEM valeu para a eleição de 2016 e que o próximo pleito municipal ainda terá que ser discutido.
    "O nosso compromisso é com ACM Neto. ACM Neto nós apoiamos no segundo turno e depois na reeleição, indicando o vice. Eu não tenho compromisso, por ser de base, de apoiar Chico ou Francisco, a não ser que eles saiam de um amplo diálogo da base do prefeito", declarou, em entrevista ao programa "Jornal da Cidade - 2ª Edição, com José Eduardo", na Metrópole FM, na noite desta terça-feira (4)
    Questionado sobre o encolhimento do MDB no cenário nacional, Lúcio argumenta: "O MDB está exatamente como os outros partidos políticos. [...] Pagamos o preço do apoio a Michel Temer. Não que ele tenha feito um mal governo, mas teve o desgaste".
    "A preocupação que nós temos é manter a coerência e a forma de lealdade com os filiados", finaliza. Por: Reprodução/Metrópole FM
    Leia também:
    Lúcio se emociona ao falar de Geddel: "Continuo com a mesma admiração"
    "Vou em todo lugar. Sou abraçado e sou feliz", diz Lúcio Vieira Lima

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment