Neymar culpa assessoria por descuido em vazar imagens íntimas da jovem que lhe acusa de estupro


    Na noite desta quinta-feira (6), Neymar prestou depoimento na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), no Rio de Janeiro, sobre acusação de crime virtual. O jogador é acusado de vazar imagens íntimas de Nájila Trindade, jovem que lhe acusa de estupro.
    De acordo com informações do portal G1, o atacante do PSG afirmou que gravou apenas a primeira parte do vídeo, em que aparece falando sobre a acusação. No entanto, a parte posterior, em que mostra o conteúdo da conversa e imagens da vítima, foi feita por um integrante de sua assessoria e um técnico em informática que ficaram responsáveis por juntar o vídeo às mensagens .
    Em depoimento, Neymar garantiu não ter conhecimento técnico para fazer a postagem do vídeo com as mensagens e que apesar de liberado o teor da conversa, pediu preservação das partes íntimas da mulher, mas que houve um descuido e alguns trechos acabaram vazando.
    Segundo a publicação, o jogador vai apresentar o assessor e o técnico em informática, que serão intimados a depor na DRCI. Todos são investigados pela divulgação das imagens íntimas da mulher, cujo crime prevê penas de um a cinco anos de prisão.
    Orientado por três advogados, Neymar não precisou entregar seu telefone celular para a perícia. Apresentou ao delegado Pablo Sartori, que investiga o caso, todo o teor original da troca de mensagens com a mulher que o acusa. E apresentou também uma ata notarial confirmando o vídeo - ou seja, levou o vídeo em um cartório para atestar a veracidade do inteiro teor. (G1)

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment