Otto Alencar fala sobre possibilidade de Medida Provisória caducar e dispara: "o governo não tem articulação"


    O governo tenta a todo o custo aprovar, nesta segunda-feira (3), a MP 871/2019, que combate fraudes em benefícios previdenciários. O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste domingo que o governo está mobilizando senadores para garantir a aprovação da matéria, que cria um programa de combate a fraudes em benefícios previdenciários. A matéria corre o risco de caducar caso não seja aprovada hoje pelo Senado, e por isso o governo tem um grande desafio pela frente.
    Ao BNews, o senador Otto Alencar afirmou que "tem itens que precisam ser mudados, pelo menos com a prerrogativa do Senado, que é de fazer emenda supressiva, retirar do projeto algumas coisas. Na questão do Benefício Assistencial de Prestação Continuada (BPC), pedir que o beneficiário autorize a quebra do sigilo, tiar o poder do sindicato, são coisas nocivas. Estamos conversando com o líder do governo para ver se resolvemos". 
    Questionado se acha que a matéria será aprovada, ele explicou: "se nao fizer essa mudança, com o meu apoio não vai aprovar. Vou votar contra. É muito nociva contra o aposentado rural e o BPC". Otto afirmou que a Câmara está demorando bastante para apreciar as matérias, o que atrasa a votação no Senado. Questionado pelo BNews se isso se deve à falta de articulação, Otto foi enfático: "o governo não tem articulação. Não tem articulação para fazer os projetos andar".BNews

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment