Trindade vai recorrer ao colegiado do STF contra processo movido por ACM Neto


    O vereador José Trindade (Sem Partido) revelou com exclusividade ao BNews qual será a sua estratégia de defesa no processo movido contra ele pelo prefeito ACM Neto (DEM). O edil soteropolitano, que responde por calúnia e injúria, teve um habeas corpus negado e não conseguiu frear a ação - que tramita no Supremo Tribunal Federal. A decisão foi tomada pela ministra Cármem Lúcia.
    O integrante da Câmara Municipal de Salvador irritou Neto após uma série de postagens contra o democrata nas redes sociais. "O nosso pedido foi negado pela ministra Cármem Lúcia, mas já existe um precedente que é compatível com a nossa tese, com o ministro Luís Roberto Barroso. Então, nós vamos recorrer dessa decisão a nível do colegiado", avisa Trindade. O edil conta qual será tese utilizada pela defesa para travar a ação.
    "Uma postagem foi realizada e diversas pessoas compartilharam a mesma postagem e o prefeito teria que ter processado todas as pessoas que compartilharam. Mesmo assim, ele só fez o processo contra a minha pessoa. Nossa tese é que essa postura viola o princípio da indivisibilidade, que proíbe a pessoa que se diz ofendida de escolher quem ela vai processar, obrigando a processar todas as pessoas que compartilharam", avalia.
    A briga entre Trindade e Neto é antiga e o edil responde a outros processos por fazer acusações contra o gestor em pronunciamentos na mídia e na tribuna da Câmara Municipal.BNews/

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment