MP investiga suposta declaração de racismo de apresentador do SBT


    A pós o apresentador Stanley Gusman ser acusado de racismo, durante uma edição do programa ‘Alterosa Alerta’, da TV Alterosa, afiliada do SBT, em Belo Horizonte, o Ministério Público de Minas Gerais (MP-MG) abriu investigação para apurar o caso. 
    No programa ao vivo da última terça-feira (9), Stanley afirmou: ‘’Eu sei muita coisa. Dentre elas, eu sei quem é o presidente do Ibope. O nome do cara é Montenegro, se ele fosse do bem, ele se chamaria 'Montebranco'.", disse durante uma conversa sobre a audiência da atração com o repórter Rafael Martins.  
    De acordo com o Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais, a declaração de jornalista é ‘’grave e inaceitável’’.  
    Ainda sobre o caso, o repórter Rafael Martins também se posicionou e pediu demissão do programa. ‘’Em função das declarações do apresentador Stanley Gusman, decidi deixar o programa Alterosa Alerta, no qual atuava como repórter há quase quatro anos." Além disso, Rafael Martins destacou que se sentiu ‘’constrangido e desconfortável’’. Por: Reprodução/ Redes Sociais 


    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment