Roger comenta volta de Ramires ao time titular e elogia novo zagueiro do Bahia


    A pós perder Douglas Augusto, o Bahia voltará ao antigo esquema tático, sem os três volantes e com Ramires na equipe. Nesta sexta-feira (5), em entrevista coletiva, Roger Machado evitou comparar os dois jogadores, mas avaliou o retorno do jovem atleta ao time.
    "Vou me privar de fazer essa analise porque se fizer vou estar dando arma para meu adversário. O que posso dizer é que são caraterísticas diferentes, que tu perde por um lado e ganha pelo outro. Acredito que a gente pode ter uma vantagem relacionada a isso. Todos sabemos o que o Ramires pode oferecer. Tenho para essa função o Shaylon. Posso também continuar com a trinca de meio-campo colocando o Flávio dentro desse sistema e mantendo a força por dentro para retomar a bola do adversário. Mas o Ramires tem a intensidade para fazer, talvez ele não tenha o mesmo enfrentamento corporal e a dinâmica de intensidade na disputa um contra um pela força no meio-campo tanto quanto o Douglas, mas ele ocupa espaço, é dinâmico, antecipa bem a bola. Os números defensivos do Ramires são muito parecidos com os do Douglas. E a característica dele mais leve de chegada à frente, como um jogador que se une aos atacantes, pode nos dar uma vantagem considerável. Acabei falando, né? (risos)".
    O técnico se mostrou otimista com a mudança. "Tenho muita confiança e expectativa. Ramires iniciou muito bem o ano anterior, chamando atenção de todo mundo, teve uma pegada forte durante muito tempo, foi para a seleção, não teve repouso, voltou para o profissional, oscilou como todo jovem oscila. Agora diante desse momento da saída do Douglas é um dos jogadores que a gente aposta que vai ter um crescimento grande em função de ter tido um descanso e poder ter treinado melhor. Assim como a sequência maior de outros jogadores, como [Arthur] Caíke, veio de fora, Fernandão, que veio e outro mercado. A gente vê nesses atletas um crescimento muito grande. Ramires, especialmente, tenho muita confiança que possa responder à altura de seu futebol".
    O comandante ainda comentou sobre o novo zagueiro do Bahia, Juninho, emprestado pelo Palmeiras. "Atleta que trabalhei com ele no Palmeiras, saiu para jogar no Atlético-MG. Jogador de muito potencial, que quando surgiu no Coritiba todo mundo queria. Zagueiro de velocidade, com boa estatura, boa bola aérea. Tem imposição dentro da área. Vem para o Bahia para ajudar nesse contexto em busca de jogadores para essa posição".  Por: Redação Galáticos Online

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment