Sogros são presos suspeitos de matar nora e deixar bebê viva ao lado do corpo


    Uma jovem foi encontrada morta em um colchão, nesta quinta-feira (4), com uma faca cravada no braço, em Primavera do Leste, no Mato Grosso. A filha de Thais Mara dos Santos Gomes, de 23 anos, de 4 meses, estava viva ao lado do corpo da mãe. Segundo o G1, Marta Moraes Alves, de 50 anos, e o marido, Daniel Cirilo, sogros da vítima, foram presos suspeitos do crime.
    O corpo de Thais foi encontrado pelo vizinho, que foi até a casa da vítima a pedido do marido dela, que é caminhoneiro e estava fora da cidade e não conseguia falar com a mulher. O vizinho contou que conversou com a vítima na noite anterior e a jovem teria comentado que estava com medo da sogra dela, que a estava ameaçando de morte alegando que a criança não era do filho do casal.
    Ainda de acordo com a publicação, imagens de uma câmera instalada nas proximidades da residência da vítima mostraria Cirilo, que aparentemente possui transtorno metal, saindo da casa de Thais, por volta das 4h, e indo embora a pé em direção a casa onde mora com Marta, que fica próxima à casa da vítima.
    O delegado Pablo Borges Rigo explicou que Thais registrou um boletim de ocorrência de injúria em desfavor de Marta Moraes, em maio deste ano, mas ela não quis representar preventivamente contra a sogra.
    Já na segunda-feira (1º), o casal registrou um boletim de ocorrência contra Thais, acusando a nora de ter ido até a casa deles e quebrado vários objetos do local.
    O casal foi autuado por homicídio qualificado, mas a Polícia Civil não divulgou o motivo do crime. Eles foram interrogados e negaram o crime. Por: Facebook/Reprodução

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment