Acusado de estupro é preso em prédio empresarial em Salvador


    A Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam/Periperi) prendeu o falso advogado, Edson dos Santos Rocha, 66 anos, acusado de estuprar funcionárias do seu escritório e mulheres que se candidatavam ao emprego que ele ofertava na OLX, nesta sexta-feira (9), em um prédio empresarial de luxo, informou a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA).  
    Ainda conforme a polícia, as vítimas relataram que eram agarradas durante a entrevista de emprego, o que foi comprovado pelas ações de inteligência. Além disso, o homem é acusado de praticar chantagem contra as contratadas.   
    A prisão – No momento da prisão, Edson estava voltando do almoço com duas funcionárias, ambas com 16 anos. Segundo a SSP-BA, uma terceira jovem, 18 anos, também foi encontrada no local onde funcionava o escritório Advogados e Consultores.
    Na sala e na residência (Villas do Atlântico) do falso advogado, os policiais apreenderam celulares, computadores, pen drives e documentos.
    De acordo com a SSP-BA, o homem vai responder por estupro, redução a condição análoga à escravidão, corrupção de menores e ameaça. Já os materiais apreendidos serão encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).  
    O crime – A delegada titular da Deam/Periperi, Simone Moutinho explicou que Edson anunciava as vagas de emprego no site da OLX, marcava com as mulheres no prédio empresarial e cometia os abusos sexuais durante as entrevistas. 
    As contratadas do falso advogado recebiam R$ 500 por mês como salário e o dinheiro do transporte. /Por: Divulgação/Alberto Maraux 
     

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment