Após ataques, rodoviários se reúnem com Prefeitura e garantem transporte em Salvador




    Representantes do Sindicato dos Rodoviários se reuniram, na tarde desta sexta-feira (11), com o secretário de Mobilidade, Fábio Mota, para expressar preocupação com os desdobramentos da suposta greve da Polícia Militar na Bahia. Ao longo da semana, ônibus foram alvo de vandalismo e usados para impedir o trânsito em vias. Há suspeita de que os criminosos tenham ligação com o movimento paredista. Os grevistas, por sua vez, negam envolvimento nos ataques.
    "Estávamos preocupados com relação ao processo de operação [de ônibus em Salvador], mas chegamos à conclusão de manter a normalidade", explica Tiago Ferreira, diretor do Sindicato dos Rodoviários, ao BNews. "Ele [Fábio Mota] expressou que conversou com o Comandante Geral da Polícia Militar [Anselmo Brandão] e que está tudo normal, que a polícia será reforçada na região do Subúrbio e em outras áreas - dando prioridade aos ônibus, diante dos ataques constantes. Vamos manter a normalidade do serviço", completa. Segundo ele, no fim de semana, haverão algumas reduções de linhas circulando, dentro da normalidade. 
    Pouco antes da reunião, mais um ataque foi registrado. Desta vez, no bairro da Liberdade. Homens armados abordaram um ônibus, segundo informações recebidas pelo BNews. Um vídeo foi enviado para a reportagem (assista abaixo). O sindicato confirma o ataque, mas afirma que não tem mais informações sobre o caso. Procurada, a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) afirmou que não há registro sobre a ocorrência.   /BNews 
    Assista ao vídeo:

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment