Bolsonaro afirma que não deixará o PSL "de livre e espontânea vontade"


    O presidente Jair Bolsonaro (PSL) declarou em entrevista exclusiva ao site O Antagonista que não pretende deixar a sigla "de livre e espontânea vontade". Quando questionado sobre a possibilidade de ser afastado da legenda pelo presidente do partido, Luciano Bivar, Bolsonaro afirmou não querer entrar nessa briga e ressaltou que é um direito do dirigente. 
    O presidente afirmou ainda que, com uma eventual expulsão sua o efeito seria negativo para o partido. “Comigo fora da legenda, a tendência do PSL é murchar. Se eu sair, é natural que muita gente saia também.” diz Bolsonaro. /Agência Brasil 

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment