FHC compara governo com “bandidos” e General Heleno manda ele calar a boca


    O ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, usou as redes sociais, na noite deste sábado (05), para criticar o governo Bolsonaro e a demissão de funcionários em áreas culturais, segundo ele, por questões ideológicas.
    “A violência dos bandidos assim como as do governo preocupam. Armas nas mãos de bandidos ou de quem não sabe usá-las aumenta o medo. Demitir funcionários em áreas culturais por ideologia repete o desatino. Sem reação as democracias morrem. Há liberdade para protestar. Usemo-la”, escreveu FHC, no Twitter.
    O posicionamento desagradou o chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, que perguntou: "Por que no te callas?" (“Por que não se cala?”, em espanhol).
    O perfil oficial do PSDB também participou da discussão e defendeu FHC: "Quem anda bem calado frente a vários absurdos é o senhor, ministro Augusto Heleno. Lembre-se que é Brasil acima de tudo", disse o partido.
    Veja publicação:  / Por: Agência Brasil 

    A violência dos bandidos assim como as do governo preocupam. Armas nas mãos de bandidos ou de quem não sabe usá-las aumenta o medo. Demitir funcionários em áreas culturais por ideologia repete o desatino. Sem reação as democracias morrem. Há liberdade para protestar. Usemo-la.
    7.380 pessoas estão falando sobre isso

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment