Governador pede celeridade na apuração das manchas de petróleo cru no litoral nordestino


    O governador da Bahia e presidente do Consórcio dos Estados do Nordeste, Rui Costa (PT), pediu celeridade ao governo federal nas investigações das manchas de petróleo cru vazados no oceano que começam a chegar no litoral baiano. Apesar do Estado não ter prejuízos ambientais em grandes proporções com o caso, outros Estados têm sofrido, a exemplo de Sergipe, que já decretou estado de emergência.
    Em conversa com a imprensa na manhã desta terça-feira (8), o petista ressaltou que a investigação não cabe aos Estados, mas a União, contudo reiterou que é necessária uma apuração minuciosa sobro o assunto. 
    Na Bahia foram registradas manchas no povoado de Mangue Seco, do município de Jandaíra, e Siribinha, no Conde.
    “Tudo indica que o vazamento ocorreu em águas distantes do litoral, que não pertencem ao Estado da Bahia, e sim a União, ao governo federal, que é quem cabe a fiscalização e monitoramento em águas oceânicas. Estou cobrando providência e celeridade. Nós do Consórcio do Nordeste estamos cobrando isso”.
    “A Bahia não foi tão prejudicada, mas o volume tá crescendo ao invés de diminuir em outros locais, é sinal que a mancha ainda tá no mar chegando. Tem sido crescente e não decrescente. Os estados querem apuração para que o responsável por isso possa responder”, completou, antes de visitar as novas instalações da nova unidade da Cesta do Povo da região do Ogunjá, em Salvador, inauguada nesta terça-feira.
    São 132 praias atingidas por manchas de óleo, segundo o balanço do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) divulgado no fim de semana. No total, 61 municípios foram afetados em 9 estados: Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.
    O ministério do Meio Ambiente, Ricardo Sales, visitou o estado Sergipe nesta semana. Em Brasília, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) informou acompanhar a investigação realizada por órgãos federais e tem suspeitas de qual País foi responsável pelo desastre ambiental que ocorreu longe da costa brasileira.
    Matérias relacionadas:

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment