Mulher morre incendiada pelo ex-namorado

    Preso em flagrante na madrugada da última terça-feira, após ter trancado a ex-namorada, Alessandra Vaz, e a amiga, Daniela Mousinho, num banheiro e, em seguida, ter colocado fogo na casa, na noite de segunda, o engenheiro de produção Rodrigo Marotti confessou à polícia que queria matá-las, e que sabia que elas não teriam como escapar do local. Daniela morreu na quarta-feira. Nesta sexta-feira, Alessandra também não resistiu às queimaduras e morreu num hospital particular, para onde havia sido transferida, após primeiro atendimento no Hospital municipal Raul Sertã. 


    Rodrigo e Alessandra (Foto: Reprodução / Redes sociais)
    O casal estava separado há três meses e, de acordo com vizinhos, que foram ouvidos na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Nova Friburgo, não tinham histórico de brigas. Na polícia, também não há registro de agressões. À investigação, Rodrigo disse que, após terem se separado, os dois tiveram desavenças em relação a uma empresa que os dois tinham juntos.

    De acordo com a Deam de Nova Friburgo, outras testemunhas ainda serão ouvidas. /Agência O Globo

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment