STF lança edital para a compra de equipamentos de raio-X e detector de metais


    O Supremo Tribunal Federal (STF) lançou um edital, nesta quarta-feira (2), de R$ 664,8 mil para a compra de equipamentos de raio-X e detector de metais portáteis. Também ficou decidido que a Corte vai trocar a chefia da área de segurança.
    Os movimentos acontecem em meio ao aumento das manifestações contra o Supremo na Praça dos Três Poderes e à repercussão das declarações do ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot.
    A troca na chefia da segurança do tribunal já era esperada havia meses. A gestão do presidente do STF, ministro Dias Toffoli, escolheu o delegado Paulo Gustavo Maiurino, ex-secretário dos governos Geraldo Alckmin e Wilson Witzel.
    Já no mês passado, antes das declarações de Janot virem à tona, o Supremo decidiu abrir uma licitação de R$ 664,8 mil para a compra de equipamentos de raio-X e detector de metais portáteis.
    No Supremo é proibida a entrada entrada de pessoas portando qualquer tipo de arma, mas parlamentares, governadores e procuradores-gerais da República não passam por detectores de metais, já que utilizam um acesso restrito, diferente daquele usado pelo público comum.
    Em 2018, para aumentar a segurança dos magistrados, o STF acertou a compra de 14 carros blindados por R$ 2,8 milhões.  /Agência Brasil

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment