Em protesto pela PEC da Previdência, professores da UESB paralisam atividades por 48h


    Para manifestarem a insatisfação com a PEC da Previdência dos servidores estaduais, aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) nesta terça-feira (28), os professores da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) paralisaram a atividade por 48h.
    "Decisão tomada ontem na assembleia. Entendemos que a proposta do governo tem três eixos que a categoria não concorda de jeito nenhum. Vamos trabalhar mais tempo, muitos já irão contribuir com mais de 14%, quando nos aposentarmos vamos contribuir mais ainda", reclamou o vice-presidente da associação que representa a classe, Alexandre Galvão Carvalho, em entrevista ao BNews.
    Eles, que estão acampados em frente à AL-BA, pedem a apresentação da expectativa financeira do governo do estado com a PEC, realização de concurso público e mais dinheiro para a Previdência. Os professores sugerem como medida para diminuir o "rombo" a isenção fiscal para grandes empresas. /BNews

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment