Governo de Rondônia censura clássicos da literatura nacional e mundial; veja lista


    O Secretaria de Educação de Rondônia emitiu comunicado com uma lista de livros que deveriam ser recolhidos das escolas por serem classificados como “conteúdos inadequados” a crianças e adolescentes. O documento começou a circular nas redes sociais nesta quinta-feira (6), dividindo a opinião dos internautas.
    A lista reúne obras de alguns dos principais autores brasileiros como Machado de Assis, Caio Fernando Abreu, Carlos Heitor Cony, Euclides da Cunha, Ferreira Gullar, Nelson Rodrigues, Mário de Andrade e Rubem Fonseca.
    Nem mesmo clássicos da literatura internacional como “O Castelo”, de Franz Kafka, e “Contos de Terror, de Mistério e de Morte”, de Edgard Alan Poe, escaparam da censura. O governador de Rondônia, Coronel Marcos Rocha, deve ser o primeiro a ingressar nas fileiras do novo partido do presidente Jair Bolsonaro.
    A versão inicial do secretário de Educação Suamy Vivecanda foi de que tanto a lista como o memorando eram falsos. Depois disso, ele afirmou que não acompanhou os trabalhos da secretaria durante a semana e que as obras não seriam recolhidas. / Por: Reprodução/Redes Sociais 
    Confira abaixo o comunicado:

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment