Limpurb registra acréscimo de oito toneladas de lixo recolhidos durante Furdunço e Fuzuê em relação a 2019


    No Furdunço e Fuzuê deste ano houve um acréscimo de aproximadamente oito toneladas de lixo recolhidos em relação as edições de 2019 destas festas. O dado foi divulgado por Marcus Vinicius Passos Raimundo, presidente da Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpub). 
    As festas pré-carnavalescas aconteceram neste fim de semana (15 e 16 de fevereiro). O gestor participou do jornal da Bahia no Ar, da Metrópole, desta segunda-feira (17). Passos enfatiza que a coleta seletiva também é uma maneira de famílias de baixa renda incrementarem a renda durante o carnaval. 
    “Isso quer dizer que a população que está fazendo esta coleta seletiva também está ganhando um pouco mais que no ano passado”, avaliou. Este ano, de acordo com o gestor, serão 100 novos coletores de lixo ao longo dos circuitos da festa e 14 cooperativas atuando na coleta  durante os dias de festa.
    “Esse ano, nós ampliamos o número de cooperativas no circuito do carnaval. São 14 cooperativas. Inclusive em uma base que nós conseguimos o terreno na Marquês de Leão. Um terreno de praticamente seis mil metros quadrados. Lá, também vai ter um ponto de coleta seletiva”, contou.
    Sobre a higienização de locais ocupados por banheiros químicos durante a festa, o presidente da Limpurb avaliou que os equipamentos são tão indesejados quanto inevitáveis em uma festa como o carnaval - com numerosa participação popular e elevado consumo de álcool. Segundo o presidente da Limpurb, em 2020, são três mil sanitários espalhados pelos circuitos da festa. Além disso, também foram disponibilizados 80 containers climatizados. 
    "Fizemos algumas modificações para minimizar os transtornos, mas eles são inevitáveis", diz. O gestor acrescenta que as equipes de limpeza vão trabalhado logo após o final da festa para garantir a permanência da limpeza nas ruas da cidade. "Nosso objetivo é deixar a cidade limpa para que o morador dos locais em que a festa acontece acordem e sintam que nada aconteceu lá", concluiu. /Por: Vagner Souza/BNews
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment