Troca em ministério pode ajudar reformas, avaliam auxiliares de Guedes


    A chegada de Rogério Marinho ao Ministério do Desenvolvimento Regional pode ajudar a viabilizar reformas econômicas com menos turbulências. Segundo informações da coluna Painel da Folha de S.Paulo, Marinho é considerado homem com trânsito no Congresso. Gustavo Canuto não era do grupo de Guedes e os dois tiveram divergências em reuniões ministeriais. No ano passado, ele também foi fustigado por líderes políticos pela demora em pagar emendas. A mudança é mais uma demonstração de força de Paulo Guedes. 
    Ainda de acordo com a Painel, o governo terá neste ano mais limitações para usar o instrumento [emendas] como moeda de troca política, com a entrada em vigor do Orçamento impositivo. Parlamentares tentaram retirar todo o manejo das mãos do Executivo, mas Bolsonaro vetou a medida em dezembro. A análise do veto ainda será feita pelo Congresso. /Agência Brasil
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment