Com mais seis diagnósticos, casos de Covid-19 na Bahia chegam a 55 neste domingo


    A Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) afirmou que mais seis casos de coronavírus (Covid-19) foram confirmados no estado na tarde deste domingo (22). Destes, cinco foram diagnosticados pelo Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) e um caso em um laboratório privado da capital baiana.
    Com os novos diagnósticos, a Bahia totaliza 55 pacientes confirmados com coronavírus, 601 foram descartados e não há óbitos registrados. Todos os casos foram importados ou de transmissão local.
    Até o momento, os municípios com casos positivos são: Salvador (33), sendo que um caso é importado, visto que o paciente reside na cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte; Porto Seguro (7); Feira de Santana (6); Lauro de Freitas (3); Prado (2); Itabuna (1); Camaçari (1); Barreiras (1); e Conceição do Jacuípe (1).
    A Sesab ainda declarou que todos os pacientes que testaram positivo para a Covid-19 encontram-se em isolamento domiciliar, adotando as medidas de precaução respiratória e de contato. A pasta ainda afirmou que os números são dinâmicos e na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação.
    “É importante pontuar que o paciente com diagnóstico positivo para o novo coronavírus pode cursar com grau leve, moderado ou grave. A depender da situação clínica, pode ser atendido em unidades da atenção básica, unidades secundárias ou precisar de internação. Mesmo definindo unidades de referência, não significa que ele só pode ser atendido em hospital”, explicou a Secretaria.
    Já os casos graves, segundo a Sesab, devem ser encaminhados a um hospital de referência para isolamento e tratamento, enquanto os casos leves devem ser acompanhados pela Atenção Primária em Saúde (APS) e instituídas medidas de precaução domiciliar. /Por: Agência Brasil 

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment