MPF-BA recomenda suspender eventos e até cultos com menos de 50 pessoas em cidades com casos confirmados de Covid-19


    O Ministério Público Federal na Bahia (MPF-BA) apresentou uma recomendação ao governador Rui Costa (PT) e às prefeituras de municípios baianos com casos confirmados do novo coronavírus (covid-19) para estreitar ainda mais as restrições relativas ao isolamento social, prevendo proibir a realização de eventos e até cultos religiosos com qualquer número de participantes. 
    Até então vale o decreto estadual publicado na última quinta-feira (19) que barra atividades com mais de 50 pessoas.
    A recomendação excetua “casos urgentes” ou os que “justificadamente não possam ser adiados, mediante autorização prévia e expressa do Poder Público”.
    Já são 12 os municípios com casos positivos confirmados: Salvador (37); Porto Seguro (8); Feira de Santana (6); Lauro de Freitas (3); Prado (2); Itabuna (1); Camaçari (1); Barreiras (1); Conceição do Jacuípe (1); Juazeiro (1); Jequié (1) e Brumado (1).
    O MPF concedeu prazo de 24 horas para que os órgãos recomendados respondam ao documento. O não acatamento da recomendação pode resultar na adoção de todas as providências administrativas e judiciais cabíveis.
    Recomendação - As recomendações são documentos emitidos pelos procuradores da República a órgãos públicos, para que cumpram determinados dispositivos constitucionais ou legais. As recomendações são expedidas para orientar sobre a necessidade de observar as normas e visam a adoção de medidas práticas para sanar questões pelo órgão competente. Acatar a recomendação pode evitar que o destinatário seja acionado judicialmente. /Por: Agência Brasil 
     

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment