Prefeitura proíbe venda de bebidas alcoólicas em lojas de conveniência de postos de gasolina


    O prefeito ACM Neto anunciou nesta segunda-feira (23), a proibição da venda de bebida alcoólicas nas lojas de conveniência dos postos de Salvador. A medida é conter o avanço do Coronavírus na capital baiana. “Estamos impondo que as lojas de conveniência se adequem às regras dos bares e restaurantes. Está proibido a venda de bebida alcóolica. As bebidas em caixas poderão ser vendidas, mas não avulso”, disse, em coletiva de imprensa, no Posto de Saúde, Clementino Fraga, conhecido como Quinto Centro de Saúde. Neto anunciou também o fechamento dos Mercados Municipais de Itapuã, Cajazeiras, Bonfim, Liberdade e Mercado das Flores, no Largo Dois de Julho.
    Sobre os bares e restaurantes, o prefeito reforçou que estão proibidos a partir desta quarta -feira (25), exceto delivery. “Aquele que tem delivery vão poder abrir ou para pessoa ir até o estabelecimento e pegar a quentinha e/ou prato feito. São essas as duas únicas hipóteses de funcionamento. Todos terão seus salões interditados”
    As denúncias podem ser feitas no número 156 e a Prefeitura contratou um serviço de Call Centers exclusivamente para as demandas do Coronavírus  A prefeitura informou ainda que a Guarda Municipal fará a fiscalização nas ruas de Salvador. “Estamos proibindo carro sonoros, casas de shows, equipamentos sonoros, qualquer atividade de som, seja interno ou externo e vamos apreender os equipamentos sempre que necessário. Vai ter ronda nas praças. Carro de som só com utilidade pública. O momento é de ficar em casa e não nas ruas. 
    As academias em prédios e condomínios privados também serão proibidas o funcionamento.  

    “Tudo isso é para aumentarmos o isolamento social, quero reforçar o que já venho fazendo, a gente precisa ficar em casa, só quem está na rua é quem precisa estar nas ruas”, enfatizou ACM Neto.   / BNews

    Escrito por folha

    Seu Portal informativo, aqui você bem informado.



      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comments:

    Post a Comment