Após consultar seguidores em rede social, Weintraub sugere que Enem seja adiado "de 30 a 60 dias"



    Após abrir uma enquete sobre a suspensão das provas do Enem 2020 na manhã desta quarta-feira (20), o ministro da Educação, Abraham Weintraub, sugeriu que o exame seja adiado "de 30 a 60 dias". A sugestão foi feita em sua conta no Twitter.
    "Diante dos recentes acontecimentos no Congresso e conversando com líderes do centro, sugiro que o ENEM seja adiado de 30 a 60 dias. Peço que escutem os mais de 4 milhões de estudantes já inscritos para a escolha da nova data de aplicação do exame", escreveu.
    Os estudantes inscritos podem se manifestar sobre a manutenção - ou não - do calendário acessando a “Página do Participante”, disponibilizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), com sua senha individual.
    A suspensão das provas do Enem em razão do estado de calamidade pública, provocado pela pandemia da Covid-19, foi aprovada nesta terça-feira (19) no Plenário virtual do Senado, por 75 votos. A matéria segue agora para análise da Câmara dos Deputados.  / Por: Wilson Dias/Agência Brasil
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment