Após desistência, Banco do Brasil retoma propaganda em site acusado de divulgar de fake news


    O Banco do Brasil decidiu retomar a veiculação de propaganda no Jornal da Cidade Online, site acusado de propagar notícias falsas e que é alvo de Comissão Parlamentar Mista de Inquérito no Congresso. A informação é do jornal Folha de S.Paulo e deve gerar auditoria interna, além de desdobramentos no Tribunal de Contas da União (TCU).
    A decisão de retomar os anúncios aconteceu após manifestações públicas do vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, contrárias ao veto, já que a página é alinhada ao governo. O Chefe da Secretaria de Comunicação, Fabio Wajngarten, respondeu nas redes sociais que estava tentando contornar a situação.
    O restabelecimento da verba de propaganda se deu na última quarta-feira (20), após manifestação da área técnica do Banco do Brasil, que conta com o filho do vice-presidente, General Mourão. Ainda de acordo com a Folha de S. Paulo, o veto por produção de conteúdo falso foi considerado excessivo.
    O subprocurador Lucas Furtado levou ao Tribunal de Contas da União representação pedindo que o órgão investigue e tome medidas contra a interferência na propaganda do Banco do Brasil. Na instituição também já há pedido no Conselho de Administração para auditoria interna sobre a aplicação das verbas. /Por: Agência Brasil 
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment