Depoimento de delegado da PF indica que Ramagem escondeu troca no comando do Rio


    O novo depoimento do delegado Carlos Henrique Oliveira, diretor executivo da Polícia Federal, indica que Alexandre Ramagem escondeu que a troca no comando do órgão no Rio de Janeiro já estava definida. A mudança era um desejo do presidente Jair Bolsonaro, o que corrobora a tese de tentativa de interferência na PF.
    A revelação põe em cheque as versões de Ramagem e de Jair Bolsonaro no inquérito que apura as acusações feitas pelo ex-ministro da Justiça, Sergio Moro. As informações são da Folha de S. Paulo.
    Carlos Oliveira foi promovido ao cargo pelo diretor-geral, Rolando de Souza, considerado como segunda opção imediata após o STF barrar a nomeação de Ramagem. Nesta terça-feira (19), o diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) não confirmou que teria planos de se mudar para o Rio, mas Oliveira deixou claro que não só foi procurado, como aceitou o convite. / Por: Divulgação/PF 

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment