Fundador do Facebook defende exclusão de fake news divulgada por Bolsonaro


    O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, citou Jair Bolsonaro como exemplo de perfis com conteúdo de falsas informações sobre o novo coronavírus. A rede social removeu uma postagem do presidente brasileiro de que os cientistas "mostraram" que havia uma cura para o coronavírus. 
    Ele afirmou que a plataforma vai remover qualquer postagem que cause "dano imediato" a qualquer usuário. "Isso [a cura do coronavírus] obviamente não é verdade e é por isso que a removemos. Não importa quem diga isso", disse Zuckerberg em entrevista à rádio pública britânica BBC.
    Além do Facebook, Bolsonaro já teve conteúdo removidos do Instagram e Twitter o por violação das regras das redes sociais.

     Por: Reprodução/TV
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment