Horto Florestal também entra nas medidas restritivas anunciadas pela prefeitura


    Diante do avanço do novo coronavírus em Salvador, mesmo com todos os esforços feitos pela prefeitura e pelo governo, o prefeito ACM Neto tem tomado providências mais enérgicas. Depois de decretar medidas restritivas mais severas em bairros como Boca do Rio, Pituba, Plataforma e Lobato, agora foi a vez de Brotas e Cosme de Farias. Mas o que muita gente não sabia - e não contava - é que as medidas atingiriam o Horto Florestal, reduto da elite baiana. Pela delimitação geográfica divulgada no Diário Oficial do Município (veja abaixo), está incluída nas restrições a localidade do Horto, morada de políticos, empresários, artistas e outras personalidades locais. 
    Para os locais que passarão pelas medidas mais rígidas, estão previstas as distribuição de máscaras, de testes rápidos, distribuição de cestas básicas, CRAs intinerante, lagavem das ruas, dentre outras ações. As medidas valem por sete dias.  Serviços essenciais como supermercados, farmácias, lotéricas e bancos, delivery de restaurantes, cartórios, clínicas veterinárias, de radiologia, de oncologia, e análise clínica continuarão funcionando. 
    Ambos os bairros vão se somar ao Lobato, Bonfim e Plataforma, cuja atuação do Executivo fora inicada nesta quarta-feira (20). 
    De acordo com o decreto, que tem validade desta sexta-feira (22) até o dia 28 de maio, "Ficam definidas medidas complementares regionalizadas para enfrentamento da pandemia decorrente do coronavírus mediante apoio e proteção aos moradores e restrição de atividades". Fica proibida a realização de toda e qualquer atividade econômica formal e informal, incluindo ambulantes e feirantes, excetuado o funcionamento dos seguintes estabelecimentos:
    I - supermercados;
    II - farmácias;
    III - agências bancárias e lotéricas;
    IV - repartições públicas e cartórios;
    V - estabelecimentos que estejam funcionando em regime de delivery, não sendo permitido o sistema de retirada no local e desde que mantidas as portas fechadas ao público;
    VI - serviços de saúde de urgência e emergência e hospital dia;
    VII - serviços de imagem radiológica;
    VIII - atendimentos de tratamentos contínuos a exemplo de
    oncologia, hemoterapia e hemodiálise;   / Por: Reprodução // Viva Real 
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment