Para evitar colapso, Prefeitura inaugura gripários na UPA dos Barris para atender suspeitos de Covid-19


    A Prefeitura de Salvador inaugurou nesta sexta-feira (22) 24 novos leitos em um gripários montado na Unidade de Pronto Atendimento no bairro dos Barris. O espaço fica destinado aos pacientes com sintomas de Síndrome Gripal e/ou suspeita de contaminação do novo coronavírus.
    Segundo o secretário de Saúde do Município, Léo Prates, a medida visa previnir a superlotação e consequente colapso nas UPA’s, como tem acontecido em algumas cidades do país onde o vírus se manifestou há mais tempo do que na capital baiana.
    O número de leitos mais do que dobrou. Antes, a unidade possuía 10 leitos de enfermaria e 4 de terapia intensiva (UTI). Agora, recebeu mais 20 leitos clínicos e outras 4 salas de terapia intensiva com ventilação, de uso exclusivo dos gripáreis. “Estamos mais do que dobrando a capacidade”, celebra o secretário.
    A justificativa para a escolha da UPA dos Barris como a primeira a receber o gripário é a demanda do local - a que realiza mais atendimentos em toda a cidade - e a sua localização, com fácil acesso ao transporte público.
    Os outros bairros que receberão gripário são as de Valéria, Pirajá, Bairro da Paz e a de Bom Jesus. A próxima a ser inaugurada, segundo Prates, é na UPA de Valária, que passará a funcionar no dia 1º de Junho.
    Ele diz que a pasta tem agilizado para viabilizar a inauguração em Bom Jesus da Lapa, que também receberá quatro leitos com equipamento de respiração, para sanar possíveis dificuldades de acesso enfrentadas pelos moradores da região, já que se trata de uma ilha.
    “A ideia é instalar um módulo co 4 leitos com respiração, para em eventual dificuldade de terra e mar que acontece às vezes, falta de condição de atravessar, o paciente possa receber atendimento”, explica. / Por: Reprodução/Google Maps
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment