Solla defende perícia em celular de Bolsonaro


    O deputado federal Jorge Solla (PT) defende que o presidente Jair Bolsonaro disponibilize o celular para perícia, a fim de aprofundar as investigações sobre a suposta tentativa de interferência na Polícia Federal por parte do chefe do Executivo federal.
    "Se ele não tem nada a esconder deve ser o primeiro a ceder o celular para análise. É óbvio que o presidente faz todos os esforços para blindar a família. São 28 anos que ele pratica rachadinha e todo mundo na Câmara sabia disso. Jair Bolsonaro desenvolveu a tecnologia de funcionários fantasmas, levou isso para o clã com os filhos na Alerj. Agora, tenta proteger a família das investigações", disse Solla, em contato com o BNews, na manhã desta sexta-feira (22).
    "Espero que a PGR manifeste-se favoravelmente para que os pedidos apresentados por parlamentares ao Supremo sejam atendidos", completou o parlamentar. Nesta quinta-feira, o ministro Celso de Mello enviou à Procuradoria Geral da República três notícias-crimes que requerem, além da perícia no aparelho celular de Bolsonaro, o depoimento do presidente. Não há prazo para que o procurador-geral Augusto Aras decida sobre o tema. / Por: Reprodução 
      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment